9
outubro

Não é sempre que tem vídeo de recebidos no nosso canal, mas esta semana preparei um especial! Aproveitando a vibe boa do nosso novo cantinho de gravações no escritório novo, separei alguns produtinhos que eu não tenho vivido sem. Na lista, você vai descobrir qual é a minha chapinha preferida do momento, o perfume que eu amo, a paleta de sombras que já faz parte da minha rotina, minha máscara noturna poderosa, e muito mais!

Então, vem comigo, aperta o play e conheça as novidades do mundo da beleza – e outras nem tão novidades assim, mas que são verdadeiros must have! Ah! Mas você já sabe – e vale sempre a pena repetir – que toda opinião que eu emito é com base no meu uso, no que vai bem com o meu tipo de pele, com meus gostos pessoais. Por isso, mulher, uma dica de ouro que deixo neste post é para você conhecer bem o seu tipo de pele. Isso é fundamental para todos os passos da sua rotina de beleza, pois vai influenciar do tipo de hidratante e protetor solar até a textura dos produtos da maquiagem, entendeu? Por isso eu sempre falo, repito e recomendo que você busque a orientação de um especialista, um dermatologista, para entender melhor isso. Pois pode acontecer dos produtos que eu listar aqui para você – ou mesmo quando aquela sua melhor amiga te indica um produto – e ele acaba não tendo o mesmo efeito na sua pele. Combinado?

Agora, aperta o play!


8
outubro

Você já assistiu ao novo filme do Netflix, “Por um fio”? Se você ainda não viu, vale a pela colocar na sua listinha! Esse filme reúne uma série de lições bacanas! Desde a questão da diversidade, da beleza natural, até dilemas da vida moderna, como a necessidade de parecer sempre “perfeita”. Isso é ainda mais exacerbado pelas redes sociais, mas a forma como a questão é tratada no filme nos leva a uma boa reflexão, ainda mais com relação à nossa real beleza, à nossa real essência, mulher! Afinal, estamos sempre interpretando múltiplos papeis sociais: filha, mãe, namorada, esposa, profissional, empreendedora, estudante, professora… e por aí vai… Será que você está lutando pelos seus sonhos, ou vivendo os sonhos de outra pessoa? Já parou para pensar sobre isso?

 

Então, começamos a semana com uma dica cultural! Corre lá e assiste. Depois me conta o que você achou desse filme! Um beijo e uma excelente semana!


5
outubro

Mulher! Você já conferiu o novo vídeo lá no Canal no Youtube? Eu apertei o botãozinho da câmera do celular assim que acordei para mostrar para vocês passo a passo como é a minha rotina de manhã! Então, se você quer saber quais são os produtos que eu estou amando usar neste momento para:

  1. Limpar o rosto
  2. Tonificar o rosto
  3. Hidratar
  4. Maquiar
  5. Arrumar o cabelo

Então esse vídeo é para você! Vem comigo e já se programa aí, que neste sabadão você pode aproveitar todas as dicas, pois a maquiagem que eu te ensino neste vídeo é super versátil e dá pra ir do almoço até a baladinha, combinado?


4
outubro

Você é daquelas que mal começou a treinar e a fome é tanta que ao invés de emagrecer, você acaba aumentando o peso? Calma! Sair da inércia e colocar o corpo em movimento – seja caminhando, correndo, fazendo musculação, treino funcional, natação, crosfitt ou pilates (só para citar algumas modalidades) – é comum sentir mais fome mesmo. O segredo está em saber quais são os nutrientes ideais que o nosso corpo necessita nessa hora e encontrar o equilíbrio perfeito. Por isso, nada melhor do que consultar um nutricionista, que irá avaliar o seu estilo de vida, suas necessidades diárias, o tipo de exercício que você está fazendo e os seus objetivos (se é emagrecer, ganhar massa muscular…) e traçar o melhor plano alimentar para você!

Mas é importante também a gente conhecer alguns nutrientes essenciais e que dão maior saciedade nessa hora. “A atividade física aumenta nossas necessidades energéticas, dá fome sim, por isso muitas vezes comemos muito mais do que a energia que gastamos nos exercícios físicos, ou seja, quanto maior o gasto energético maior também será o seu metabolismo e mais energia você precisará repor”, explica a médica especializada em Nutrologia, Renata Domingues.

Então, vamos anotar algumas dicas espertas? Além dos macronutrientes Proteínas, Carboidratos (os integrais, de preferência) e Gorduras (as boas, tá!), alguns micronutrientes são essenciais para o seu desempenho. E é deles que vamos falar hoje! 

VITAMINA A – treinos intensos exigem bastante do organismo e podem enfraquecer suas defesas, abrindo espaço para o aparecimento de doenças como gripes e resfriados. Alimentos ricos em Vitamina A ajudam a melhorar a sua imunidade. Onde encontrar: Fígado bovino, cenoura, manteiga, ovo, manga, mamão, espinafre e couve.

ÔMEGA-3 – o ácido graxo reduz a inflamação nos músculos gerada pela corrida e ajuda a acelerar a recuperação pós-treino. Onde encontrar: peixes de águas frias (como salmão, arenque, atum e sardinha), e além de chia, linhaça (óleo, semente e farinha), castanhas e nozes.

VITAMINA D – a substância é importante para o processo de contração dos músculos (inclusive os do coração, que são bastante exigidos em exercícios aeróbicos) e melhora a absorção de cálcio, mineral essencial para o fortalecimento dos ossos. Onde encontrar: salmão, sardinha, camarão, gema de ovo, arenque e fígado de galinha. Mas não basta incluir estes alimentos no cardápio. Para ativar a Vitamina D é preciso se expor ao sol por cerca de 20 minutos todos os dias, sem protetor. Os raios solares ativam a síntese de vitamina D no organismo, explica a médica.

VITAMINA B12 – a falta dessa vitamina pode gerar fadiga, especialmente se você pratica exercícios aeróbicos (como a corrida). A baixa do nutriente também causa dificuldade de concentração, formigamento nas pernas entre outros problemas. Onde encontrar: atum, truta, bacalhau, salmão, ovo, carne vermelha, abacate, leite, cereais integrais, iogurte e levedo de cerveja.

CÁLCIO – essencial para os nossos ossos, o mineral também atua nos processos de coagulação do sangue, transmissão de impulsos nervosos e contração e relaxamento muscular. Onde encontrar: leite, iogurte, queijos, tofu, brócolis, sardinha, espinafre, semente de gergelim, soja, linhaça, grão de bico.

VITAMINA E – além de fortalecer a imunidade, o nutriente tem propriedades antioxidantes e combate os radicais livres produzidos durante o exercício, que em excesso causam fadiga, envelhecimento precoce e até alguns tipos de câncer. Onde encontrar: Castanhas, nozes, amendoim, gema de ovo e vegetais de folhas verdes.

FIBRAS – contribuem para o bom funcionamento do intestino, melhorando a absorção dos nutrientes dos alimentos, a metabolização de energia e o sistema imune. Onde encontrar: aveia, lentilha, castanhas, alcachofra, frutas e verduras em geral.

VITAMINA C – fortalece o sistema imunológico, combate os radicais livres e ajuda a reduzir dores musculares. Também é importante para a produção de colágeno (nutriente que forma a cartilagem protetora das articulações), de aminoácidos e melhora a absorção de ferro pelo organismo. Onde encontrar: laranja, limão, acerola, abacaxi, pimentão, alface, agrião, cebola.

POTÁSSIO – o mineral é importante para manter o equilíbrio eletrolítico e o nível de hidratação do organismo, além de atuar também no processo de contração e relaxamento muscular. Quantidade recomendada: ao menos 3.510 mg por dia. Onde encontrar: banana, batata-doce, abacate, beterraba, feijão, iogurte, uva passa, mamão.

“Para quem tem a intenção de conseguir a hipertrofia muscular ou o emagrecimento, fazer uma comparação entre o valor calórico da dieta e o gasto energético diário é o ponto de partida. Além disto, os alimentos consumidos antes, durante e após o exercício também têm papel fundamental no resultado da atividade física”, destaca a médica, por isso é tão importante buscar orientação profissional especializada para compor um plano alimentar ideal para você, combinado, mulher?


3
outubro

Ah! O Rio de Janeiro continua lindo, não é mesmo? Um bate-e-volta para um evento e a gente logo percebe que o termômetro está subindo e o verão está logo aí. Agora, me diz, mulher: você está cuidando bem da sua pele? Usar filtro solar deve fazer parte da sua rotina de beleza, mas sei que muitas pessoas acabam só se lembrando desse item essencial quando o sol está aí, firme e forte!

Então, para que você possa aproveitar todos os momentos ao ar livre, que tal incorporar de uma vez por todas o filtro solar nos seus cuidados diários?

E saber escolher o melhor fotoprotetor também faz toda a diferença, pois existem produtos específicos para o seu tipo de pele e as suas necessidades, por exemplo, se você é esportista ou se o seu tipo de pele é oleoso, entre outras características que devem ser levadas em conta.

Por isso, é fundamental que você consulte sempre o seu dermatologista, pois ele irá fazer uma avaliação do seu tipo de pele e indicar os melhores produtos para você!

Mas existem alguns detalhes que devem sempre ser observados na hora de escolher o seu protetor solar:

1. Procure pelos três itens essenciais: FPS, UVA/UVB/Infraed e Resistência à Água

Traduzindo essa sopa de letrinhas aí em cima, o mínimo que um protetor solar deve oferecer é FPS 30. Verifique também se o produto oferece proteção de amplo espectro (os tais UVA/UVB/Infraed) e, por fim, se é resistente à Água. Vale lembrar que nem todos os produtos oferecem esses três itens essenciais, então vale a pena pesquisar!

2. Considere o seu tipo de pele

Se a sua pele for oleosa, geralmente os produtos em gel e cerume são os mais indicados.

Se a sua pele for seca, opte por loções e cremes. Em geral, produtos com formulações “hidratantes”.

Se sua pele for acneica, procure produtos que contenham a descrição de “não-comedogênico”, ou seja, que não irá entupir os poros da pele.

Se sua pele é sensível e propensa à alergia, evite produtos com fragrâncias e que contenham substâncias como PABA, parabenos ou oxibenzona (benzofenona-2, benzofenona-3, diosbenzona, mexenona, sulisobenzona ou sulisobenzona sódica).

3. Regiões especiais

Em volta dos olhos é importante passar um produto que não escorra com facilidade (portanto, que seja resistente à água) e que contenha, no mínimo FPS 30 ou superior. Nos lábios, você pode optar por um bálsamo labial, também sempre atento ao fator mínimo de proteção (FPS 30) e que tenha resistência à água, para não sair com facilidade (se bem que nessa região você terá que reaplicar com maior frequência).

“Estudos mostram que o uso diário de um fotoprotetor pode reduzir o risco de: câncer de pele, incluindo melanoma, o câncer de pele mais grave; crescimento da pele pré-cancerosa que pode se transformar em câncer de pele; sinais de envelhecimento prematuro da pele, como manchas senis, rugas e pele coriácea; queimadura de sol; melasma; pontos escuros em sua pele”, enfatiza a Dra. Thais Pepe, dermatologista.

E lembre-se, se você estiver programando um fim de semana na praia, uma boa dica – e cheia de estilo – e lançar mão do chapéu e óculos de sol. E evite também a exposição direta entre às 10h e às 16h. Pequenos cuidados que vão prolongar a saúde e a beleza da sua pele!


Sigam-me nas redes sociais!

Receba novidades do blog em primeira mão
no meu Facebook!


Inscreva-se no meu canal!
Vídeos inéditos todas segundas, quartas e sextas



Fique pertinho do meu dia a dia no meu Instagram



Inspire-se comigo no Pinterest

Lojas que recomendo

Publicidade