29
agosto

Seja por esporte ou por lazer, se você curte pegar uma piscina precisa manter uma rotina de cuidados com a pele e os cabelos para evitar os danos causados pelo cloro. 

“Na verdade, as pessoas que praticam natação ou que gostam de ficar na piscina estão mais expostas a compostos químicos sejam eles o cloro da água, a água salinizada ou o ozônio. É ainda pior quando essa água é aquecida e o paciente está em um ambiente fechado, porque isso faz com que a agressão seja maior tanto para a pele quanto para o cabelo. Esse aquecimento da água aumenta a característica de penetrância e irritabilidade não só para a pele, mas também para as vias aéreas superiores, para a região dos olhos, do nariz e assim por diante”, afirma a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

 

Cuidados com a pele

Em relação à pele, o cloro tem um pH ácido, com ação bactericida e quando a pele, por algum motivo, é mais sensível ou está seca pode apresentar desde vermelhidão até a formação de placas de urticária, aspereza ou simplesmente ficar com a pele extremamente ressecada, o que pode provocar coceira logo sair da piscina. 

As piscinas aquecidas pioram o quadro, pois é como tomar um banho com água muito quente, o que vai retirando da pele ácidos graxos naturais ou fosfolipídios que, conjuntamente com a água, formam um filme ou manto que nos protege dos agressores ambientais. 

Antes: a dermatologista orienta usar um hidratante sem cheiro apenas para proteger a pele, como se fosse uma “segunda pele”, formando um filme oclusivo que não deixa que a região protegida seja agredida pelo cloro. 

Depois: logo após sair da água, tome banho com água normal (doce, da torneira), e use um sabonete dermatológico para pele sensível (pode ser também um sabonete infantil ou de glicerina com extratos botânicos naturais, calmantes e anti-inflamatórios, além de hidratantes). Em seguida, aplique novamente um hidratante, de preferência mais concentrado, com formulações que acalmam e nutrem a pele. 

Dica: aplique o hidratante nos primeiros 5 minutos pós banho, que é quando a hidratação é mais significativa e duradoura, pois quando aplicamos um creme com a pele úmida temos mais benefícios do que com ela já seca, explica a médica.  

Cuidados com o cabelo

Os cuidados com os cabelos não são diferentes, especialmente se existe muita química nos fios. O cloro age no interior do fio, deixando-o frágil, ressecado e mais quebradiço. “Com o tempo, há uma alteração na quantidade de proteínas presentes na haste do fio, que muda a coloração e pode levar até a um processo de desproteinização do fio”, diz a médica.

Antes: proteja os fios com um creme ou sérum oil antes de colocar a touca de natação. Utilize produtos com substâncias como D-Pantenol, HydraSil, Bio Restore, Vitamina E, Aloe Vera e alguns óleos como óleo de girassol, de argan, de framboesa, de abacate ou de coco, que são nutritivos, hidratantes e protegem o cabelo.

Depois: além do banho, a médica sugere aplicar água termal logo após o banho, pois a água termal é rica em óleos minerais que acalmam, restabelecem o pH. A especialista também sugere o uso de shampoo e condicionador com substâncias como Hydrasil, D-Pantenol e aloe vera. Uma vez por semana, recorra à máscara de hidratação.

Com estes cuidados é só curtir os benefícios da aula de natação ou hidro – ou apenas curtir a piscina naquele momento de relaxamento que a gente ama!


Sigam-me nas redes sociais!

Receba novidades do blog em primeira mão
no meu Facebook!


Inscreva-se no meu canal!
Vídeos inéditos todas segundas, quartas e sextas



Fique pertinho do meu dia a dia no meu Instagram



Inspire-se comigo no Pinterest

Lojas que recomendo

Publicidade