13
julho

Zurique é a maior cidade da Suíça e sua história tem origem nos romanos. Poucos turistas compreendem o potencial dessa cidade que costuma ser encarada como apenas um ponto de partida para outros locais da Europa.

Localizada às margens da água e com uma vista magnífica para os Alpes cobertos de neve, conheça tudo o que essa cidade, que foi considerada um dos melhores lugares do mundo para se viver, tem a oferecer.

Quando ir a Zurique

Na Suíca, independente da região que você está, o clima costuma ser sempre mais baixo do que no resto da Europa e isso acontece por conta do acúmulo de neve nos Alpes. As temperaturas costumam ficar mais altas e mais agradáveis na primavera e no verão, mas é possível visitar Zurique durante o ano inteiro, tudo vai depender do objetivo da sua viagem!

Como chegar em Zurique

Existem voos diretos do Brasil para Zurique saindo do Rio de Janeiro e de São Paulo. Consulte companhias como a Air France, a Iberia, Air Europa, KLM, Alitalia e a TAP, além das tradicionais Gol e LATAM. A duração do voo é de aproximadamente 14 horas.

Onde ficar em Zurique

A cidade está toda dividida em distritos, os chamados Kreis, sendo 12 no total. O melhor bairro para se hospedar é o Kreis 1, o centro histórico da cidade, onde estão as principais rotas e atrações turísticas. O Kreis 2 fica bem do lado do lago, tem bastante área verde e é cheio de parques. É onde fica o museu Rietbert e, se você for bem corajoso, no verão dá até para nadar no lago.

Evite o Kreis 4, perto da estação Hauptbanhof, a estação central da cidade, pois trata-se de uma região mais perigosa da cidade (para os padrões suícos, vale lembrar).

Onde comer em Zurique

Um dos pratos mais tradicionais do país é a batata rosti com entrecot, para se deliciar com essa opção, recomendo o Zeughauskeller, restaurante tradicional localizado em um prédio construído em 1487. Além da batata rosti, o local ainda oferece diversos pratos típicos com variados tipos de salsicha e carne de vitela.

Pule a sobremesa para degustar tortas, doces, sorvetes e chocolates na confeitaria Sprüngli, aberta desde 1859 e uma das responsáveis pela fama do chocolate suíço.

Não dá pra ir pra Suíça e não comer um bom fondue de queijo, não é verdade? Recomendo o Swiss Chuchi, anexo ao Hotel Adler, que foi o primeiro salão de fondue na parte central de Zurique. É um lugar aconchegante e tem uma carta de vinhos excelente.

Para provar o chocolate quente mais delicioso do mundo (sem exageros) faça uma paradinha estratégica na cafeteria Schober para fechar o dia.

O que fazer em Zurique

Caminhe pelo centro histórico da cidade e conheça os principais monumentos como a Grossmünster, Fraumünster, Lindenhofplatz e St Peter. Faça um passeio de barco pelo Lago de Zurique, existem trajetos diversos, opte pelo que mais lhe agradar.

Agora se você prefere ficar em terra firme, aproveite para caminhar pela orla do Lago ao lado da Ópera. E para quem faz a linha esportista, visite Uetliberg a pé praticando o esporte mais suíco de todos: a trilha. É possível subir a montanha de trem e ter uma vista linda da cidade e de boa parte do Lago.

Dedique algum tempo para andar por Zurich West, um dos bairros mais legais da cidade com arquitetura moderna, bares, restaurantes e diversas lojas de arte, moda, design e decoração.

Para fugir um pouco da rota turística, vale a pena explorar a região do Lago de Zurique e as cidades mais afastadas. Se tiver tempo, visite Rapperswill, uma das cidades medievais mais lindas que existem. O passeio até lá leva 2 horas de barco ou 40 minutos de trem, o passeio perfeito para um bate e volta.

 


Sigam-me nas redes sociais!

Receba novidades do blog em primeira mão
no meu Facebook!

Inscreva-se no meu canal!
Vídeos inéditos todas segundas, quartas e sextas



Fique pertinho do meu dia a dia no meu Instagram



Inspire-se comigo no Pinterest

Lojas que recomendo

Publicidade