13
janeiro

Oi #Time! Tudo bem?

Nesses dias de verão, manter a hidratação e a alimentação leve e saudável é essencial! E nada melhor do que um suco refrescante e que ainda por cima ajude a desintoxicar o organismo, não é mesmo?

Por isso, começo com essa dica bacana da nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Cintya Bassi, de um suco de alface e abacaxi!

Sim!!! Alface! Dá pra substituir a couve pelo alface e o suco fica uma delícia!

Ingredientes:

  • 4 fatias de abacaxi
  • 1 maçã picada
  • Suco de ½ limão
  • 1 folha de alface
  • 1 colher de café de gengibre ralado
  • ½ copo de água

Modo de preparo: Bata no liquidificador, coe e adoce com adoçante. Consuma em seguida.

Outra opção é com água de coco e hortelã! A dica é da nutricionista Adriana Miyuki, da rede de supermercados Hirota.

Ingredientes:

  • 500 ml de água de coco
  • 4 unidades de fatias de abacaxi
  • 5 unidades de folhas de hortelã
  • 5 unidades de cubos de gelo

Modo de Preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador, menos o gelo. Depois, adicione as pedras de gelo e acione o botão pulsar do aparelho apenas para quebrar levemente os cubos. Sirva em seguida.

Aliás, a Adriana ensina alguns truques para se refrescar nos dias mais quentes e ainda deixar a sua alimentação mais saudável:

 

  • Sucos com vitamina C (morango, limão, maracujá, abacaxi…) e gengibre são bons para a imunidade.
  • Sucos com mamão, ameixa e laranja e fibras diversas como chia são ótimos para constipação.
  • Evite coar. As fibras são muito benéficas!
  • Tente preparar o suco o mais próximo do consumo. As vitaminas são voláteis ao tempo.
  • Sucos com açaí e guaraná são ótimos energéticos para aqueles que praticam esporte.
  • Frutas com antioxidantes (vitaminas A, C, E) auxiliam no combate ao envelhecimento.

 

 

Gostaram das dicas, amores? Tem alguma receita especial de suco detox e refrescante para o verão? Compartilha comigo! Vou adorar saber!!!

Um super beijo,

Mari Saad


12
janeiro

A gente sabe que todo começo de ano a gente renova as promessas de começar um hábito de vida mais saudável, como alimentar-se melhor ou começar a praticar algum tipo de atividade física.

Eu sou super a favor da gente tentar buscar sempre a nossa melhor versão e sempre gosto de motivar vocês nesse sentido. Aliás, vocês que já são veteranas por aqui sabem que atividade física faz parte da minha rotina desde sempre!

Mas, às vezes, na busca desenfreada por um corpo perfeito, magro e sarado ainda para o verão, muitas pessoas acabam exagerando na dose, optando por treinos muito pesados, quando ainda não estão preparadas para isso. A gente precisa dar um passo de cada vez rumo ao nosso objetivo, mulher. Educar o nosso corpo e a nossa mente! Pode apostar que pouco a pouco você vai sentir a diferença e tudo vai fluir melhor. Até a sua aparência no espelho vai refletir todo esse bem-estar!

Mas ir com muita sede ao pote, ainda mais quando falamos de exercícios físicos no verão, sob altas temperaturas e sem a devida orientação e cuidados, o resultado pode não ser um corpo sarado, mas sim, um problema de coluna, ombro ou perna, que pode fazer você ficar parada por mais tempo do que o previsto e todo o esforço inicial ir embora…

A maioria das lesões nas articulações são causadas por excessos, como por exemplo, aquela pessoa que gosta de correr para perder aqueles quilinhos indesejados. “Se ela não tem uma boa preparação dos seus músculos, suas articulações dos membros inferiores podem sentir, levando ao desgaste da cartilagem”, explica o fisioterapeuta especializado em esportes André Nogueira Ferraz, da Club Físio.

Ele explica que uma avaliação detalhada feita por num educador físico é fundamental para que a pessoa não sofra as consequências de uma sobrecarga nos músculos e articulações. “A sobrecarga por excesso é a grande responsável por lesões”, destaca. Por isso, vale a pena se cuidar, mulher! E aproveitar somente os benefícios que a atividade física regular traz para a gente, que melhora o humor, a pele, o bem-estar, a autoestima, além, é claro, de melhorar a nossa silhueta e sem falar nos benefícios à saúde!

 


11
janeiro

Oi #Time! Tudo bem?

Vocês sabem que eu amo preto! Acho chique e moderno! E a base desse look é assim, all black! O bacana é que com uma base bem construída, como essa calça de alfaiataria, você pode brincar com texturas, comprimentos e recortes, criando uma silhueta ousada e atemporal! Olha o truque: se o top for cropped, que tal uma calça com a cintura mais alta? Assim você faz aquele jogo de mostra, mas não mostra muito! Se a temperatura cair um pouquinho, a jaqueta bomber estampada quebra a monocromia. Look total Shop2Gether!

 

É uma ideia que você pode repetir com outras peças do seu guarda-roupa, mulher! Como eu fiz, quando gravei uma tag com a Malu Saad! Aliás, vocês sempre pedem vídeos com a Malu, então, só apertar o play!

 

 

Gostaram do look?

Beijos, beijos,

Mari Saad

 


11
janeiro

Mulheeerrrr,

Como passaram o final de ano? Tudo bem com vocês?

Estou aqui novamente para mostrar um pouquinho do mundo para vocês, então vamos deixar o bate-papo de lado e falar do que interessa de verdade: Paris.

Luzes, romance, diversão, cultura, história, gastronomia… Todas essas palavras podem ser usadas para definir a cidade do amor, Paris, na França. Depois de Portugal, esse é o destino que mais instiga os brasileiros em toda a Europa. Existe esse imaginário coletivo sobre quão maravilhosa é Paris, o que não é nenhuma mentira. Não se engane, a capital francesa é tudo o que dizem e muito mais.

Mas o que fazer? Para onde ir? Onde ficar? Você também tem essas dúvidas? Fique tranquilo que eu te ajudo.

Torre Eiffel vista a noite pela Praça Trocadero

Quando ir e onde ficar?

A melhor época para visitar Paris é entre os meses de maio, junho e julho. Neste período a temperatura não está tão frio e ainda não é alta temporada, garantindo preços muito mais acessíveis.

Muitos acreditam que o melhor lugar para se hospedar é em frente a Torre, mas a dica é ficar próximo a um metro central, de preferência da linha amarela (linha um). Boas opções são: Saint Michel, Bastille, Hôtel de Ville ou Marrais.

Para curtir bem a cidade e conseguir ver os principais monumentos, é necessário um mínimo de cinco dias na cidade. Em uma semana, já consegue-se ver mais detalhes e conhecer um pouco mais as sutilezas de Paris, que se revela como um destino de faces, bairros e contrastes.

Arco do Triunfo

Principais pontos turísticos

Não dá para começar a falar de Paris sem falar da Torre Eiffel. Construída no século 19 é uma das estruturas mais icônicas do mundo. Para evitar as longas filas que se formam ao longo do Champs de Mars, compre o bilhete pela internet, ou opte pelo ingresso mais barato, subindo os dois primeiros andares de escada. São 704 degraus, mas vale muito a pena pela vista. O terceiro andar, que vai até o topo, é feito de elevador.

Na sequência o Museu do Louvre é o segundo queridinho dos turistas, principalmente pela famosa Mona Lisa, de Picasso, e pela estátua da Vênus de Milo. Porém o Louvre, que é um dos maiores museus do mundo, diga-se de passagem, tem muito a oferecer. Não deixe de visitar o apartamento de Napoleão III, a parte do egito e as esculturas no jardim.

Para quem gosta de arte, o paraíso são os Museus d’Orsay, que costumava ser uma estação de trem, e o L’Orangerie. O primeiro conta com algumas das mais famosas obras de pintores impressionistas, como Van Gogh, Monet, Manet, Renoir, Cezanne e muito mais. Já o segundo é um glimpse de como Monet via o mundo através de seu jardim em Giverny, com seus quadros Les Nymphéas. Um passeio com uma vista única de Paris, é como o Bateau-Mouche deveria ser apresentado. O ideal é fazer a travessia ao pôr-do-sol quando as luzes ficam mais bonitas.

Andar pelo Pompidou, o museu de arte moderna, passear pela praça e tomar um sorvete em formato de flor da Amorino é para mim, um dia perfeito na cidade francesa. Aproveite para ver as apresentações dos artistas de rua. Um verdadeiro deleite.

Querendo desbravar a cidade? Visite o Marais. O bairro tem se tornado cada vez mais conhecido como um polo descolado. Bairro dos gays, da moda e dos judeus, é aqui que a cultura se choca em cores, sabores, cheiros e tons. Os melhores brechós estão aqui, bem como o melhor sanduíche de Falafel.

No Quartier Latin, localizado em Saint-Michel, os visitantes se impressionam com a catedral de Notre Dame e com as misteriosas e sombrias Catacumbas. Passear pelo bairro é um prazer secreto, explorando as lojinhas e papelarias. Destaque para a livraria Shakespeare and Company, uma das mais charmosas da capital, aberta em 1919. Para terminar a caminhada, faça um delicioso piquenique no Parque Luxemburgo, regado à muito vinho francês, queijos e baguetes! Nhami!

Em Montmartre, o bairro da boemia, surpreenda-se com a igreja Sacre Coer. Na volta, pare para um lanchinho no Cafe Deux Moullin, que ficou famoso pelo filme Amelie Poulin. Por fim, faça a tradicional foto em frente ao Moulin Rouge.

Bjs e até a próxima.

Sabrina

@grow2live

www.grow2live.com.br

https://www.youtube.com/channel/UC2jyYCz3fcy_jZi7H3oCALQ


10
janeiro

Oi leitoras lindas, tudo bem?

Sei que muitas de vocês são novatas por aqui, seja pela idade mesmo, seja por ter conhecido o nosso espaço há pouco tempo, seja por ter se apaixonado pelo mundo da maquiagem recentemente… Então, mulher, esse post é para você!

Durante o mês de dezembro, eu produzi o #YouTubeTodoDia e um dos vídeos foi um bate-papo com maquiagem super descontraído com a Carol Santina. A Carol é bem novinha e também não tem muita familiaridade com a maquiagem.

E o nosso papo foi bacana justamente por isso, pois a gente aproveitou para tirar dúvidas sobre os produtos essenciais para a maquiagem. Por exemplo, você sabe por que usar o primer sempre? Ainda mais quando você está na adolescência? Bem, o primer ajuda a fechar os poros e a deixar a pele mais homogênea antes da maquiagem. E ajuda – muito – a disfarçar problemas comuns da idade como cravos e espinhas!

E o corretivo? É melhor aplicar antes ou depois da base? Depende! Se você é novinha, como a Carol, ainda pode se dar ao luxo de dispensar a base, então, nesse caso, pode aplicar somente o corretivo para disfarçar espinhas, por exemplo. Neste caso, você deve usar um corretivo em um tom bem próximo ao da sua pele. Mas se você quiser uma pele um pouco mais preparada, para uma festa, por exemplo, então, minha dica é aplicar o corretivo após a base. Aqui, você até pode usar um corretivo mais claro, pois ele vai ajudar a iluminar a pele!

Se você ainda é jovem ou se não gosta de maquiagem muito elaborada, prefere o básico, essencial e que vai realçar a sua beleza natural, também não precisa gastar rios de dinheiro em produtos. Pode aprender a ser criativa e dar múltiplas funções a alguns produtos “coringas”, como a base! Ela pode servir de sombra, por exemplo!

Uma boa máscara de cílios e um curvex são a dupla perfeita para ressaltar seu olhar. E um gloss dá o toque final à produção, especialmente, mantendo o ar de menina! Gostou? Agora, confira o vídeo!

 

 

Beijos, beijos,

Mari Saad


Sigam-me nas redes sociais!

Receba novidades do blog em primeira mão
no meu Facebook!

Inscreva-se no meu canal!
Vídeos inéditos todas segundas, quartas e sextas



Fique pertinho do meu dia a dia no meu Instagram



Inspire-se comigo no Pinterest



Todas as novidades do blog lá no Versy!

Lojas que recomendo

Publicidade